06/11/2018 às 14h34min - Atualizada em 06/11/2018 às 14h34min

Com projeto aprovado, Estação Ferroviária de Penápolis terá investimento de R$1 mi

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Foi publicada no Diário Oficial do Estado de São Paulo, a aprovação do projeto de reforma da Estação Ferroviária que abrigará o “Centro de Integração da Cidadania”. O investimento de R$1 milhão prevê a reforma e adequação do espaço para a instalação de diversos serviços públicos.

Os recursos são provenientes do FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos). Após a aprovação do projeto no chamamento público do Governo Estadual, a Prefeitura de Penápolis apresentará a documentação necessária para o andamento do processo. O chamamento público avaliou os critérios de inovação, universalidade, transversalidade e singularidade dos projetos.

O prefeito Célio de Oliveira destacou que no local serão instalados vários serviços públicos para a população. “Vamos implantar um espaço multiuso que vai abrigar Procon, Banco do Povo, Posto Fiscal, Posto de Atendimento ao Trabalhador, Casa do Artesão e um Museu sobre a Ferrovia, entre outros serviços”, afirmou.

Projeto

O projeto prevê a reforma e adequação do prédio da Estação Ferroviária para a implantação do Centro de Integração da Cidadania. O prédio foi edificado nos anos 40 e, após a desativação do transporte ferroviário de passageiros, o espaço ficou sem utilização.

“A Estação Ferroviária tem mais de 1200 metros quadrados de área construída, com uma estrutura de boa qualidade e excelente localização. A nossa ideia é reformar e adaptar o espaço para abrigar serviços públicos, promovendo uma revitalização desta região da cidade”, explicou o prefeito.

O espaço requer reparos na cobertura, pisos, instalações elétricas, hidro sanitárias e pintura. O prédio já possui uma área frontal que será utilizada para o estacionamento de veículos e uma área coberta que será utilizada em atividades voltadas para o atendimento ao cidadão. Para a conquista desses recursos, a Prefeitura contou com o apoio do deputado estadual Roque Barbiere.

“O trabalho do deputado Roquinho foi importante para que Penápolis fosse contemplada com este recurso, já que o parlamentar trabalhou nos últimos meses, junto ao Governo do Estado, para a aprovação do projeto”, agradeceu Célio de Oliveira.

O FID (Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos) é gerido pela Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. As receitas do FID são provenientes de indenizações decorrentes de danos causados aos bens públicos e as multas por descumprimento dessas condenações, rendimentos decorrentes de depósitos bancários e aplicações financeiras, contribuições e doações de pessoas físicas e jurídicas, nacionais ou estrangeiras, produto de incentivos fiscais.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »