06/11/2018 às 10h53min - Atualizada em 06/11/2018 às 10h53min

Virada Cultura Paulista acontece dias 8 e 9 de dezembro em Birigui, na Praça Raul Cardoso

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A 2ª edição do Fórum SIM (Serviço de Inspeção Municipal), de realização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agroindustrial (SMDA), em parceria com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) contou com a participação de produtores e associações rurais, entre açougues, casas de carne, laticínios, queijarias, supermercados, padarias e público em geral.

O evento ocorreu nesta segunda-feira (5), na Casa de Palestras do Siran, no Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado. A iniciativa também contou com o apoio da Unesp (Universidade Estadual Paulista), Apta (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) e Siran (Sindicato Rural da Alta Noroeste).

Fizeram parte da mesa diretora, que abriu o evento, o assessor executivo da SMDA, Arnaldo Vieira Filho; gerente regional do Sebrae, Silvia Furio; presidente do Siran, Fábio Brancato; diretor da faculdade de Medicina Veterinária da Unesp Araçatuba, Iveraldo Dutra; presidente da Câmara Municipal, Rivael Papinha; representando a Apta, Silvia Antoniali e a vice-prefeita Edna Flor, que no ato representou o prefeito Dilador Borges.

O assessor executivo da SMDA, Arnaldo Vieira Filho, disse que a realização da 2ª edição do Fórum SIM auxilia na propagação do serviço. “O SIM é um serviço que busca garantir que o produto de origem animal chegue à casa do consumidor com segurança. A certificação também auxilia no desenvolvimento de empresas, geração de renda e de negócios”.

“Sem inovação não conseguimos ampliar mercado. Qualquer pessoa que tenha uma produção local voltada ao comércio regional precisa de inovação em processo, produto, marca e embalagem. Por isso o Sebrae apoia essa iniciativa”, ressaltou Silvia Furio.

Edna Flor agradeceu à SMDA e aos parceiros pela continuidade da iniciativa. “O SIM é um projeto de nosso plano de governo, mas era preciso tirar do papel e colocar em prática. Muitas vezes vemos notícias de intoxicação alimentar e o que isso acarreta em tantos outros setores além da saúde das pessoas. O SIM é muito mais do que um selo. Ele está diretamente ligado à implementação de políticas públicas, tem a ver com cidadania, geração de renda e garantia de saúde para a vida das pessoas”.

Na sequência das falas, o veterinário da SMDA, José Eduardo Zanon, fez uma apresentação sobre o SIM, com informações sobre o serviço, objetivos e panorama atual dos estabelecimentos registrados. Outros três profissionais fizeram suas explanações sobre oportunidades de mercado, alimentação segura e sanidade do alimento vegetal. Ao final, empresários registrados no SIM também deram depoimentos sobre suas experiências junto ao serviço. Houve ainda exposição e comercialização de produtos registrados no SIM.

O SERVIÇO

O SIM é responsável pela emissão de certificado de qualidade a empresas e empreendedores que trabalham com produtos de origem animal e estão em conformidade com as exigências sanitárias, prezando pela higiene e qualidade em seus processos de produção.

São produtos de origem animal sujeitos à fiscalização do SIM: animais destinados ao abate (carnes), seus produtos e subprodutos; leite e seus derivados; pescados e seus derivados; ovos e seus derivados; mel, cera de abelha e outros produtos e derivados.

O SIM Araçatuba fechou 2017 com três estabelecimentos registrados, sendo uma granja de ovos e dois laticínios, um deles de pequeno porte. Atualmente, está em processo de licenciamento um laticínio de pequeno porte, quatro agroindústrias estão em processo de adequação para protocolar o pedido de registro, sendo três laticínios de pequeno porte e um abatedouro de frangos; cinco estabelecimentos urbanos estão em processo de licenciamento protocolado, sendo quatro casas de carne e açougues e um mini mercado e nove estabelecimentos urbanos estão em processo de adequação para protocolar junto ao SIM, sendo quatro casas de carne e açougue, três supermercados, um mini mercado e uma fábrica de linguiçO município de Birigui será uma das poucas cidades do interior paulista que irá receber eventos da Virada Cultural Paulista 2018, evento do Governo do Estado de São Paulo que oferece atrações musicais populares de renome nacional, teatro adulto e infantil, stand up comedy, artistas regionais, além de envolver variadas atividades em sua programação.

A Secretaria da Cultura do Estado enviou comunicado oficial à Prefeitura de Birigui informando que o município terá eventos e atrações nos dias 8 e 9 de dezembro. No dia 8 Birigui completa 107 anos e os shows da Virada farão parte da programação oficial de aniversário do município.

Em Birigui, a Virada Cultural Paulista 2018 trará o Palco EXPERIMENTE!SP. Os shows serão na Praça Raul Cardoso (praça da antiga Estação Ferroviária) e as atrações/músicos serão divulgadas nos próximos dias. As atrações são gratuitas e a programação é personalizada para cada cidade.

“Teremos dois shows de grande porte, dois shows de porte médio e dois shows com artistas de Birigui. A grade com a programação completa será divulgada em breve pela Secretaria de Estado da Cultura”, explicou o secretário municipal de Cultura e Turismo de Birigui (Secultur), Elder Scanferla.

A vinda de shows da Virada para Birigui ocorreu em função de um pedido feito pelo deputado estadual Roque Barbiere, o Roquinho. O parlamentar esteve reunido com o secretário estadual de Cultura, Romildo Campello, que atendeu o pedido para que eventos da Virada ocorressem no aniversário da cidade.

“Teremos, apenas, que oferecer a estrutura de palco e dar suporte na realização dos dois dias do evento. É mais uma grande conquista para Birigui, já que os eventos da Virada Cultura ocorrem geralmente em grandes centros ou em cidades sedes do Estado de São Paulo”, falou o prefeito Cristiano Salmeirão.

Elder Scanferla disse que Birigui está se programando e se estruturando para receber esse grande evento regional. "É uma honra para nós sediar regionalmente a Virada Cultural Paulista", comentou o gestor da Secultur.as artesanais.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »