31/10/2018 às 15h30min - Atualizada em 31/10/2018 às 15h30min

Bauru vive retomada no desenvolvimento econômico e na geração de empregos

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Com atual gestão, a cidade que ocupava o 68º lugar em 2016, salta para a 45º posição no ranking das melhores cidades do Brasil para investir em negócios.

Um estudo desenvolvido pela consultoria Urban Systems e divulgado pela revista Exame mostrou que o município de Bauru ocupa a 45° posição do ranking das 100 melhores cidades brasileiras para se investir em negócios.

Na pesquisa, as cidades com mais de 100.000 habitantes foram analisadas através de 42 indicadores que mediram a economia, a saúde, a educação, o transporte, as finanças, a infraestrutura, a sociodemografia, e a segurança dos municípios. Cada indicador tinha um peso baseado nos graus de desenvolvimento e somados, alcançavam 37,5 pontos.

Fazendo parte dos 41 municípios que apresentaram visíveis melhoras no setor econômico, Bauru totalizou 11,46 pontos e ficou na frente de cidades como Sorocaba (11,40), Blumenau (11,26), e Araçatuba (10,79).

O resultado favorável na pesquisa é reflexo das ações públicas desenvolvidas pela Prefeitura Municipal, em parceria com as secretarias e com as instituições públicas e privadas.

Além disso, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Bauru é a quarta cidade do interior paulista que mais gerou empregos entre janeiro e setembro de 2018. Com um saldo de 4.672 novos trabalhos, a cidade só fica atrás de São Paulo, que empregou 61.445 pessoas, Ribeirão Preto, que produziu 5.399 serviços e Campinas, que ofertou aos habitantes 5.258 novas vagas de trabalho.

A Prefeitura de Bauru, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Renda tem influência direta sobre os dados, tendo em vista que é responsável pela redução do número de desempregados e pela abertura de novos negócios através de programas como o Emprega Bauru e a Casa do Empreendedor.

O programa Emprega Bauru, por exemplo, já auxiliou na contratação de mais da metade dos candidatos inscritos, desde sua implantação em outubro de 2017.

A Casa do Empreendedor também desenvolveu um trabalho crucial para a geração de novos empregos no município. Com o objetivo de diminuir a burocracia e orientar os empreendedores quanto à formalização e implantação de novas empresas, o programa é responsável pela abertura de empresas (MEI), pela promoção de oficinas na área de gestão, e pelas orientações individuais acerca dos novos negócios.

Em 2018, a Casa ganhou novos serviços para facilitar a vida dos investidores, como a Seção de Licença e Alvará, que além de emitir licenças e alvarás, gera análises de viabilidade de Ocupação de Uso e Solo. O local físico também foi contemplado com o programa “SEBRAE Aqui”, que dá suporte para as pessoas que desejam abrir uma empresa e para os empresários que precisam de gerenciamento nas áreas de Administração, Finanças, Agronegócios, Gestão de Pessoas e Marketing.

O aperfeiçoamento dos serviços oferecidos gerou bons resultados ao município, já que o número de atendimentos dobrou de 1.050 pessoas ao mês, em 2017, para 2.100, em 2018.

“Bauru vive um momento de retomada do crescimento. Prova disso, é que as ofertas de emprego e as oportunidades de capacitação e geração de renda não param de crescer. Temos uma equipe focada em ampliar cada vez mais esse resultado positivo e ações que dão suporte para essa retomada do desenvolvimento”, enfatiza o prefeito Clodoaldo Gazzetta.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »