22/10/2018 às 10h14min - Atualizada em 22/10/2018 às 10h14min

UFRJ recupera fóssil de Luzia no Museu Nacional

Esqueleto mais antigo do Brasil estava nos escombros do museu incendiado

Portal Brasil
Estimativas apontam que Luzia tem mais de 11,5 mil anos - Foto: Arquivo/Agência Brasil
Partes do esqueleto de Luzia, o fóssil humano mais antigo do País, foram encontrados nessa sexta-feira (19). Os fragmentos estavam nos escombros do Museu Nacional do Rio de Janeiro, que foi atingido por um incêndio em setembro. 

O anúncio foi feito pela professora Cláudia Carvalho, responsável pela equipe de resgate das obras após a tragédia. Segundo a pesquisadora, quase todo material poderá ser recuperado. O diretor da instituição, Alexander Kellner, ainda reforçou que outras peças do acervo estão sendo recuperadas.

Os restos mortais de Luzia foram encontrados em Minas Gerais em 1975. O crânio, ossos da perna e bacia datam de 11,5 mil anos e a estimativa é de que ela tenha morrido aos 25 anos. Trata-se do vestígio mais antigo dos hominídeos da época.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »