27/09/2018 às 16h21min - Atualizada em 27/09/2018 às 16h21min

Setembro Amarelo: Falar é o melhor caminho para a prevenção ao suicídio

CanalTech
Foto: Divulgação
Estamos chegando ao final do Setembro Amarelo, iniciativa de visibilidade e prevenção ao suicídio lançada em 2014 por meio de uma associação entre o Centro de Valorização à Vida (CVV), o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), estendendo a concientização do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, que ocorre no dia 10 de setembro desde 2003.

Estatísticas Alarmantes

Segundo levantamento feito pela OMS, cerca de 800 mil suicídios são registrados por ano, resultando em uma média de um óbito a cada 40 segundos. No Brasil, apenas no ano de 2016, estima-se uma média de 31 mortes por suicídio por dia, totalizando mais de 11 mil pessoas que atentaram contra a própria vida, de acordo com dados sobre tentativas e óbitos por suicídio divulgados pelo Ministério da Saúde na última quinta-feira (20). O país figura em oitavo lugar no hanking de países onde as pessoas mais se suicidam.

O levantamento foi feito pela primeira vez em 2017, com dados sobre os suicídios ocorridos em 2015. A finalidade do estudo é estabelecer as principais causas dos atentados à própria vida, grupos de risco e métodos utilizados, para uma prevenção mais efetiva que possibilite o cumprimento do acordo com a OMS de reduzir o número de suicídios em 10% até 2020.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »