09/08/2019 às 13h39min - Atualizada em 09/08/2019 às 13h39min

Entrevista com Júlia de Oliveira Artista Plástica

David Prates

Dê asas a sua imaginação! E contrate a Júlia pra desenhar pra você!!! rs

Quer relembrar Diablo 1? Olha ele aqui!
 
Eu comecei com jogos online com esse clássico! E agora dá pra brincar um pouco entrando neste endereço que vai estar aí embaixo, pois uma equipe de mod chamada de Rivsoft, manteve o game de 1996 exatamente como era, com todo o design original da Blizzard. Para jogar essa versão é simples. Basta acessar o link e realizar o download do material. O código contido lá você colocará no navegador e pronto, o jogo pode começar! Fiquem atentos que este não é o game completo, é apenas a parte que não exigia o CD no seu computador. Nela está inclusa as duas partes da primeira dungeon na classe guerreiro. Vale lembrar também que essa é uma versão fan made, com os detentores do direito pertencente à outra empresa, que pode retirá-lo do ar a qualquer momento.
Aproveite!
https://d07riv.github.io/diabloweb/


Brinque de Superman de graça com Undefeated!
 
Já sonhou em se tornar um super herói que protege a cidade com seus super poderes?
Undefeated faz com que esse sonho se torne realidade! Voe sobre a cidade para patrulhar as ruas e procure por crimes ou problemas. Use seus poderes ilimitados para manter a cidade segura.
 
Missões de Desafio:
Existem duas missões de desafio; o Desafio da Destruição e o Desafio do Vôo.
Se seu objetivo é destruir todos os objetos no Destruction Challenge ou subir
todos os aros no Flight Challenge, atinja seu objetivo dentro do limite de tempo e aumente
poderes para se tornar um herói mais invencível.
 
-Batalha do chefe
A batalha com o chefe é uma batalha dinâmica de alta velocidade no ar. Proteja a cidade do
ataques do chefe, e counter strike para derrotá-lo.
 
Este jogo foi planejado e criado por três estudantes da Vantan Game Academy,
Osaka
 
A Vantan Game Academy é uma das escolas de prestígio do Japão com foco na indústria de jogos.
Todos os anos, cria profissionais não apenas na indústria de jogos, mas também em anime, mangá, dublagem e muito mais.
https://www.vantan-game.com/index.php?sc_vmi=VGAHPstm19080100000323

Quer jogar? Segue o Link do jogo na Steam! É divertido sim!!!

https://store.steampowered.com/app/1116960/UNDEFEATED/?fbclid=IwAR0gkFuuhFunNTlhnNl4JZykFzk4YgWM43bWiCKDdIn_-9JKUuMsNcxG7FU


‘Um Príncipe em Nova York 2’: Wesley Snipes entra para o elenco da sequência
 
Segundo o The Hollywood Reporter, Wesley Snipes entrou para o elenco de ‘Um Príncipe em Nova York 2’ e dará vida ao General Izzi, governante de um país que faz fronteira com Zamunda, nação africana fictícia presidida pelo Príncipe Akeem (Eddie Murphy).
A continuação será lançada em 2020 e já está em produção na cidade de Atlanta, Geórgia.
Arsenio Hall também reprisará seu papel como Semmi. Na nova história, Akeem descobre que tem um filho perdido nos Estados Unidos e retorna para encontrar o novo herdeiro do trono de Zamunda.
O longa será dirigido por Craig Brewer, e terá Shari Headly, John Amos e James Earl Jones completando o elenco.
“Depois de longos anos de espera, estou empolgado com o fato de ‘Um Príncipe em Nova York 2′ estar avançando oficialmente”, disse Murphy em um comunicado. “Nós montamos uma grande equipe, que será dirigida por Craig Brewer, que acabou de fazer um trabalho incrível em ‘Meu nome é Dolemite‘, e estou ansioso para trazer todos esses personagens clássicos e amados de volta para o cinema.”

VIA: https://cinepop.com.br/


Seriado indicado da semana: The Boys (prime vídeo)

Baseado nos quadrinhos The Boys, de Garth Ennis e Darick Robertson, conta a história de  quando alguns super-heróis passam a se corromper e usar seu status para se promoverem ainda mais, o que pode colocar em risco a própria população. Mas a população não se liga muito nisso, até a namorada de Hughie ser literalmente “explodida” ao ser atropelada pelo  herói A-Train que tem supervelocidade. A partir daí começa a trama onde Hughie conhece Billy Butcher que também não é tão fã dos heróis assim… 5 estrelas de 5!

Aproveitando a onda do seriado The Boys, indico a playlist do seriado no spotify essa semana:
https://open.spotify.com/playlist/101XVAZ5uqT5xcc4u7dOSg?si=vWf01cLSRf6n2hRiELg4Aw


Entrevista com Júlia de Oliveira - Artista Plástica


Meu nome é Júlia de Oliveira, nasci na cidade de Piracicaba -SP. Tenho 20 anos e sou Artista. Trabalho com tatuagem no Studio Mandala Tattoo, faço quadros, telas, e também sou muralista, e também dou aula de desenho e caligrafia para os que desejam iniciar na arte.
 
1- Qual a maior influência do seu trabalho?
R-  A arte pra mim é e sempre foi uma forma de sobrevivência. Acredito que ela, por não ter rígidas restrições, nos permite esbanjar e criar em todas as formas de sentimento que existem. Trabalhar todos os dias desenhando e pintando, deixa de ser trabalho e passa a ser gratidão.
 
 
2- Como notou que desenho seria modo de vida?
R- Meus desenhos e sonhos sempre puxaram pro lado artístico. Era teatro, música, dança, desenhos.. Como qualquer criança, sempre desenhei desde muito pequena, mas o que aconteceu, foi que não larguei o lápis até hoje. No meu período escolar, cheguei a vender desenhos por preços simbólicos. Desenhava animes como dragonball e naruto, e achava um máximo quando as pessoas elogiavam! Com o passar do tempo, aprimorei e refinei meu gostos. A tatuagem também me mostrou diversos estilos e caminhos diferentes que eu nem sabia existir. A arte é infinita, e acho que foi isso que mais me fascinou. A ideia de ter algo MEU pra sempre na pele de alguém, ou de alguém querer ter uma tela/parede com meu nome nela. A sensação disso, é impagável.
 
 
3- Você gosta de vídeo games e seriados? Se sim quais seus favoritos
R- Gosto sim! Assisto bastante séries e animes, e quem me conhece sabe que sou viciada em DragonBall hahaha. Em questão de jogos, gosto bastante de Tomb Raider, tanto que já até fiz cosplay do Rise por alguns anos.
 
 
4 - Você nota algum tipo de preconceito com seu trabalho?
R- Sim, infelizmente. A cidade, por mais que populosa, ainda possui a mente muito fechada para novos conceitos e inovações. Não é todo mundo que aceita meus desenhos e caligrafias para tatuar, e meus murais tem um público bem específico. Mas por enquanto está tudo sobre controle, e acredito que logo isso vai melhorar!
 
 
5 - Qual a dica que você dá pra quem quer começar a viver da arte?
R- A princípio, não tenho muitas dicas para quem quer depender apenas da arte para sobreviver, afinal não posso dizer que atualmente eu ainda consiga viver só dela. É sempre importante lembrar, que o Brasil é um país de muita cultura regional, porém infelizmente, destrata muito de artistas independentes. Qualquer pessoa que vive da arte, sabe muito bem o sangue e suor, que é necessário fazer, para ter seu trabalho notado. O que posso dizer, é que todo esforço é válido. Sempre haverá um espaço para você e seu trabalho em algum lugar no mundo. Não se desiste do que ama, por circunstâncias e/ou pessoas alheias. Seu sonho é unicamente seu!
 











Conheça o trabalho da Julhinha:
 
https://www.instagram.com/_juoliveiram/
 
  https://www.facebook.com/ateliejuliaoliveiraa/



 
 

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »