• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Quinta, 14 de Dezembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Bem Estar / 6 de Dezembro de 2017 11h45

SAÚDE

Beber até sete xícaras de café por dia pode ajudar a viver mais

0 votos
YahNoticías
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Tomar até sete xícaras de café por dia pode reduzir o risco de morte precoce ( Foto: Yahnotícias )

Os apreciadores de café agora podem comemorar, pois quem toma até sete xícaras dessa preciosa bebida todos os dias pode reduzir consideravelmente suas chances de morte precoce, de acordo com um novo estudo.

Para muitas pessoas, o café é praticamente o elixir da vida. Embora sejamos gratos pela dose de cafeína que nos ajuda a acordar e tocar o dia, geralmente nos sentimos culpados pela quantidade de café que tomamos.

Mas uma nova pesquisa publicada no British Medical Journal revelou que o café “tem mais chances de beneficiar a saúde do que prejudicá-la”, sugerindo que até quem exagera na dose continua seguro.

A revisão feita em mais de 200 pesquisas anteriores das universidades de Southampton e Edimburgo revelou que a quantidade ideal de consumo de café é de três ou quatro xícaras por dia, proporcionando 17% a menos de chance de morte precoce em comparação com quem não ingere café.

Em comparação com que se abstém de café, aqueles que consomem cerca de três xícaras por dia parecem ter um risco reduzido de desenvolver problemas cardíacos e doenças hepáticas.

Porém, mesmo quem toma sete xícaras ainda parece colher os benefícios da bebida, apresentando 10% a menos de chance de morte precoce.

O café também foi associado a um menor risco de desenvolver certos tipos de câncer, incluindo câncer de próstata, de endométrio, de pele e de fígado.

O consumo da bebida também teve “associações benéficas” com outras condições de saúde, incluindo diabetes, cálculos biliares, gota e algumas condições hepáticas, concluiu o estudo.

Mas o coautor do estudo, o Professor Paul Roderick, diz que o papel específico do café com relação aos resultados não está muito claro. “Fatores como idade, tabagismo e sedentarismo podem ter influenciado o resultado”, diz ele.

No entanto, ele acredita que o café possa, sim, oferecer benefícios legítimos à saúde.

“Existe um equilíbrio entre os riscos na vida, e os benefícios do consumo moderado de café parecem superar os riscos”, conclui.

Não é a primeira vez que o café é aclamado como o herói da história. Um estudo anterior, apresentado no European Cardiac Society Congress 2017, revelou que o consumo elevado da bebida poderia ter um impacto considerável na nossa expectativa de vida.

Enquanto um outro estudo publicado nos Annals of Internal Medicine revelou que, além de nos deixar ligeiramente agitados, beber três xícaras de café por dia pode nos ajudar a viver mais tempo também.

Mas nem todas as notícias são boas, quando o assunto é café.

Embora muitos não consigam sobreviver a uma manhã inteira sem café, muito menos começar o dia, de acordo com um especialista, ingerir cafeína antes de qualquer outra coisa de manhã só nos deixa mais cansados.

E isso pode atrapalhar a perder aqueles quilinhos a mais também. Embora seja tentador pensar que o café ajuda a emagrecer, porque o seu coração fica acelerado e a adrenalina aumenta, de acordo com um novo estudo publicado no Journal Of Food Science, o resultado pode ser completamente oposto, fazendo com que você sinta a necessidade de consumir alimentos doces.

Vamos correr o risco. Queremos um expresso cremoso com bastante espuma.


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews