• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Quinta, 29 de Junho de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Esportes / 6 de Janeiro de 2017 12h39

SÃO PAULO

Rogério Ceni apresenta auxiliares estrangeiros

1 voto
CBF
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Créditos: Érico Leonan
Novo treinador do São Paulo, Rogério Ceni anunciou os integrantes de sua comissão técnica. Na última quinta-feira (5), o ídolo tricolor apresentou o auxiliar Michael Bale e o supervisor de futebol Charles Hembert no Centro de Treinamento da Barra Funda. O técnico falou sobre os companheiros e projetou a temporada 2017.

– Eu me espelho em muita gente que trabalhei, tive um aprendizado e não me espelho num determinado time atual. Tenho um sistema na minha cabeça, com o Michael, Charles e Pintado, e debatemos as melhores opções. Preciso ver as peças que tenho para encaixar com o adversário, o campo que vou jogar, uma série de circunstâncias. Não vou abrir meu sistema preferido, mas vamos nos adaptar. Para a bola chegar ao fundo da rede muita coisa tem que acontecer antes. Tentamos fazer trabalhos setorizados, dividindo o grupo especialmente no começo. O interesse do atleta de aprender no treinamento vai ser de igual valor para que ele se interesse pelo jogo.

Os novos membros da comissão técnica também conversaram com os jornalistas e revelaram as expectativas sobre este novo desafio na carreira.

– Estou muito feliz, aqui, pela oportunidade e pelo momento de um treinador inglês trabalhar no Brasil. É uma grande oportunidade, porque os melhores jogadores do mundo são brasileiros, sul-americanos, e essa é a razão pela qual estou aqui. O São Paulo é um grande clube, muito respeitado. Eu estudo português há um mês todos os dias. Futebol é futebol. No Liverpool e no Chelsea, treinei muitos estrangeiros: brasileiros, argentinos, italianos, não tem problema. O Charles também me ajuda, e o Rogério fala inglês muito bem – afirmou Michael Beale.

Assim como o inglês, Charles Hembert também enalteceu a oportunidade de trabalhar no Tricolor.

– Gostaria de agradecer ao São Paulo pela oportunidade, pela maneira excepcional como fomos recebidos pela comissão técnica, jogadores e funcionários. E obviamente pelo Rogério, a quem agradeço por confiar no meu trabalho. E sem esquecer o presidente e a diretoria. Vamos tentar manter muito do que tem aqui, mas com uma nova visão, inovadora, com novas ideias para poder ajudar o Rogério da melhor maneira possível – disse o francês.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews