• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Quarta, 22 de Novembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Política / 10 de Novembro de 2017 09h41

ARAÇATUBA

LOA é item único da 36ª sessão ordinária

0 votos
Assessoria da Câmara
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Foto: Assessoria da Câmara
O projeto de lei do Executivo que estima a receita e fixa a despesa do município de Araçatuba no valor de R$ 572,3 milhões para o exercício de 2018 é o item único da pauta da 36ª sessão ordinária, que será realizada na próxima segunda-feira (13/11), a partir das 19h.

Conhecida como LOA (Lei Orçamentária Anual), a proposta desconta das previsões R$ 48,9 milhões do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação).

DISTRIBUIÇÃO
Além dos órgãos do Executivo, o texto prevê o repasse de R$ 22 milhões para a Câmara de Vereadores, de R$ 8,6 milhões para a Agência Reguladora e Fiscalizadora de Saneamento e Fundo Especial dos Servidores do Daea e de R$ 4,9 milhões para a FEA (Fundação Educacional de Araçatuba).

Entre os órgãos da Prefeitura, as secretarias municipais de Saúde e Educação têm os maiores orçamentos previstos para 2018, respectivamente de R$ 151,8 milhões e R$ 144,6 milhões.

RITO DIFERENCIADO
De acordo com o artigo 218 do Regimento Interno da Câmara, por causa da inclusão do projeto de lei orçamentária na sessão ordinária, o Grande Expediente será reduzido para 30 minutos e não haverá o Pequeno Expediente.

A sessão de discussão e votação da LOA será transmitida ao vivo pela TV Câmara, no Canal 6 do Sistema Net Digital; pela TV Birigui, no Canal 19 em UHF; pela Rádio Cultura AM 1.340 Khz; pela WEB TV, disponível neste site, e pelo Canal do Youtube, no www.youtube.com.br/camaradearacatuba.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews