• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Domingo, 24 de Setembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Notícias / 13 de Setembro de 2017 11h36

COMBATE AO CRIME

Operação da PF prende suspeitos de fraudar Previdência Social

0 votos
Agência Brasil
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (13) a Operação Álibi para desarticular uma quadrilha que fraudava a Previdência Social. Foram cumpridos oito mandados de prisão em três estados, sendo dois de prisão preventiva e seis de prisão temporária, além de cinco mandados de busca e apreensão.

Seis pessoas foram presas na Bahia, sendo três em Teixeira de Freitas, duas em Nova Viçosa e uma em Porto Seguro. Também foram levadas para a prisão um integrante da quadrilha detido no Rio de Janeiro e outro em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte.

De acordo com a PF, as investigações mostraram que os suspeitos “recriavam” pessoas falecidas na infância e faziam em nome delas alguns recolhimentos à Previdência Social em valores próximos ao teto de contribuição. Posteriormente, a quadrilha simulava o falecimento desses falsos contribuintes e dava entrada em um pedido de pensão por morte.

O esquema, segundo a PF, causou à União um prejuízo superior à R$ 2,1 milhões. Os envolvidos serão denunciados pelos crimes de formação de quadrilha e estelionato em detrimento da Previdência Social. Somadas, as penas previstas para estes delitos podem ultrapassar dez anos de prisão.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews