• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Quarta, 22 de Novembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Notícias / 13 de Setembro de 2017 11h09

ARAÇATUBA

Anúncio de fechamento do PA do São João repercute na Câmara

0 votos
Assessoria da Câmara
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Foto: Assessoria da Câmara
O possível fechamento da unidade de Pronto atendimento (PA) do São João repercutiu durante a 27ª sessão ordinária, realizada na última segunda-feira (11/9). O assunto veio à tona durante a análise da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2018, após o presidente da Câmara, vereador Rivael Papinha (PPS), informar que soube sobre o tema por meio de declaração dada pela secretária de Saúde Carmem Guariente à imprensa.

O parlamentar comentou que a criação do PA do São João foi resultado de um longo processo de luta e que faltou diálogo com o Legislativo na decisão do fechamento. “A informação tem que ser esclarecida e a Câmara tinha que ser ouvida. A conversa era que ia terminar a UPA da zona sul e remanejar”, lembrou Papinha.

NEGOCIAÇÃO
Durante a discussão, o vereador Lucas Zanatta (PV), que preside a Comissão de Saúde do Legislativo, disse que há adequações a serem feitas no prédio da unidade do São João e que existe uma multa diária em execução no valor de R$ 1 mil. “A Prefeitura está negociando com a Promotoria para que a multa não seja executada até a abertura da UPA do Umuarama”, destacou.

O vereador Dr. Flávio Salatino (PMDB), que também integra a comissão de Saúde, informou que soube em reunião que a unidade seria fechada por não cumprir adequações legais. O vereador Professor Cláudio (PMN) lamentou a decisão. “O PA do São João está caminhando para o fechamento sim, infelizmente”, disse.

O vereador Dr. Jaime (PTB) criticou que a decisão não foi comunicada aos três membros da comissão de Saúde, da qual o parlamentar também faz parte.

A discussão se estendeu durante a sessão e vários outros parlamentares também debateram o assunto. Reuniões devem ser agendadas para acompanhar o caso e as consequências do fechamento da unidade na vida dos munícipes.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews