• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Domingo, 19 de Novembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Notícias / 19 de Maio de 2017 11h40

HABITAÇÃO

Secretaria da Habitação de SP já beneficiou 2,3 milhões de pessoas

0 votos
Por meio de programas de moradias, órgão não mede esforços para realizar o sonho da casa própria à parcela da população mais necessitada.
Governo do Estado de São Paulo
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Entrega de moradias em Itaquaquecetuba beneficiou 612 famílias, entre elas 200 que moravam em áreas de risco ( Foto: Governo do Estado de São Paulo )
Para realizar o sonho da casa própria à parcela da população mais necessitada, a Secretaria da Habitação do Estado de São Paulo não mede esforços e vem criando diferentes frentes para atender a essa alta demanda.

Somente no programa CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) foram entregues 520.355 moradias. Este projeto, voltado exclusivamente para pessoas de baixa renda, atende famílias com renda na faixa de 1 a 10 salários mínimos.

Outro projeto de peso da Secretaria é o Casa Paulista, que também visa ampliar a oferta de moradias sociais. Até agora, foram entregues 66.863 unidades pelo programa.
Além disso, ainda há a Parceria Público-Privada, chamada de PPP da habitação, criada com a proposta de fortalecer o setor de moradia no Estado. Por meio dela, foram construídas 126 unidades, totalizando 587.344 em todo o Estado de São Paulo.

Levando em consideração que cada unidade tem, em média, quatro moradores, é possível afirmar que 2,3 milhões de pessoas já foram beneficiadas com os projetos da Secretaria da Habitação. Em breve, este número deve aumentar ainda mais. São Paulo terá outras 125.249 unidades – parte delas já em obras.

Como participar da PPP

As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de julho para concorrer ao financiamento de uma das 2.660 moradias que serão construídas em regime de Parceria Público-Privada (PPP), no centro de São Paulo.

Como o prazo foi prorrogado, a data prevista para a realização do sorteio foi alterada para 60 dias após a data final das inscrições.

O objetivo do empreendimento é aproximar a residência da pessoa de seu local de trabalho. Por isso, é necessário que pelo menos um dos integrantes da família esteja empregado na região central de São Paulo.

As inscrições devem ser feitas pela Internet no Portal da Secretaria da Habitação (clique aqui para conhecer as regras de financiamento e se inscrever).

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews