• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Quinta, 19 de Outubro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Polícia / 23 de Maio de 2016 22h12

ARAÇATUBA

Denúncia de cárcere de criança em candomblé acaba na polícia

16 votos
Denúncia era de que criança estaria em cárcere privado em candomblé de Araçatuba
Ata News
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Criança e integrante da religião no plantão policial de Araçatuba ( Divulgação )
Uma denúncia anônima de que uma menina de 8 anos estava sendo mantida em cárcere privado em um terreiro de candomblé, no bairro Santana, em Araçatuba, levou a Polícia Militar até o local, na noite desta segunda-feira (23).

Segundo a tenente PM Emily Mioto, os policiais encontraram a menina em uma sala e a explicação era de que ela participava de uma espécie de ritual de iniciação.

Como o local era fechado e a mãe da menina não estava no local, o Conselho Tutelar foi acionado e o caso foi parar no plantão policial de Araçatuba.

Os responsáveis pelo local negaram envolvimento com possível cárcere privado da menina. O delegado plantonista Rodolfo Carlos de Oliveira ouviu integrantes do centro de candomblé, conselheiros tutelares, a mãe da menina e a criança.

Após o registro de uma ocorrência não criminal, a menina foi entregue à mãe, que mora em Birigui. “Constatamos que a menina não apresentava sinais de maus tratos e a mãe explicou que havia autorizado a menina a ficar no local”, disse o delegado.

A mãe da menina disse que a filha teve câncer na cabeça quando era bebê e que a menina conseguiu a cura da doença e de convulsões, que apareceram posteriormente, e que por isso teria feito uma promessa de iniciar a filha na religião.

A denúncia recebida pela PM indicava que a criança estaria trancada em um quarto sem água e comida e sem poder deixar o local. No entanto, a menina e a mãe dela negaram qualquer privação de alimentos e disseram que o ritual faz parte das atividades religiosas.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews