• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Domingo, 17 de Dezembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Polícia / 6 de Setembro de 2015 18h37

FATALIDADE

Piloto de moto Fábio Adas morre em acidente na Marechal Rondon

7 votos
Acidente ocorreu na tarde deste domingo (6); vítima foi socorrida, mas não resistiu
Ata News
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
Momento em que piloto de moto é socorrido pela equipe de resgate ( Reprodução: Internet )
O empresário e piloto de motovelocidade Fábio Adas, 44 anos, de Araçatuba, morreu após sofrer um acidente na rodovia Marechal Rondon (SP-300), na altura do município de Coroados. Segundo as primeiras informações, ele teria perdido o controle da direção e caído com a moto que conduzia.

Adas chegou a ser socorrido com vida pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu. Ele chegou com quadro de parada cardiorrespiratória no hospital de Birigui, onde a morte foi constatada.

Conforme informações de amigos, Fábio Adas voltava de um encontro de motociclistas, ocorrido na cidade de Promissão (SP).

O acidente ocorreu na pista sentido Capital/Interior, perto do trevo de Coroados. Ao cair da moto, a vítima foi arremessada para o acostamento e caiu em uma ribanceira, ao lado de um córrego. As equipes de resgate retiraram o motociclista do local em uma prancha.

Ainda não é possível saber o que causou a queda do piloto. A Polícia Civil vai abrir inquérito para apurar o acidente.

O velório do piloto está previsto para ocorrer na capela funerária da avenida da Saudade, em Araçatuba. Adas deixa esposa, gestante.

CAMPEÃO

Fábio Adas venceu várias provas e campeonatos de motovelocidade na categoria GP Light 1000. Era considerado um piloto bastante experiente no circuito nacional.


Fotos
5 fotos


Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários
0 comentários


Comentários via Facebook

2017 © - Atanews