• Olá visitante, seja bem-vindo!
    Entrar | Cadastre-se
  • Tempo Hoje
    SP, Araçatuba
    min 22º
    máx 29º
  • Sexta, 24 de Novembro de 2017
    • Facebook
    • Twitter
    • Pinterest
    • Instagram
    • Youtube
    • Rss

Polícia / 14 de Novembro de 2017 19h41

ASSÉDIO SEXUAL

Diretor da prefeitura de Araçatuba é acusado de assédio sexual

2 votos
A adolescente trabalha como menor aprendiz, vinculada à Fundação Mirim, na administração da Prefeitura.
AtaNews
Compartilhe no Twitter Compartilhe no Google Plus Compartilhe no Pinterest
O Portal Atanews recebeu nesta segunda-feira (13) uma denuncia de assédio sexual, envolvendo uma adolescente de 17 anos e um diretor de departamento da Prefeitura de Araçatuba.

Segundo boletim de ocorrência, a adolescente trabalha no setor de Recursos Humanos (RH) da Prefeitura. Ela teria levado um documento para o diretor do departamento assinar, dentro da sala de arquivo da repartição, que não possui câmeras de segurança.

Conforme o registro, após assinar os documentos, o diretor teria puxado a menor, tentando dar um beijo em sua boca. Segundo a adolescente, ela tentou desviar do beijo, que acabou pegando no rosto. Após o ocorrido, ela teria deixado o local e procurado outra funcionária, contando o que havia acontecido.

Ainda segundo a adolescente, o caso teria ocorrido no dia 20 de outubro, e o acusado não a ameaçou, e nem falou nada sobre o assedio. Ela relata também que nunca tiveram nada após o ocorrido, somente a relação profissional.

Prefeitura
Em nota, a Prefeitura confirmou o ocorrido. E informou que o fato foi apurado com a oitiva formal da reclamante (acompanhada de sua genitora), do acusado e de outras duas servidoras que souberam dos fatos ao ouvirem a versão da adolescente.

A administração ainda afirmou que a Corregedoria orientou a menor e a mãe dela a registrarem os fatos na Polícia Civil. "A par das medidas administrativas internas já adotadas, a Prefeitura aguarda a apuração dos fatos pela Polícia Civil", finaliza a nota.

O caso será investigado pela DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) de Araçatuba.

Comentários via Facebook

2017 © - Atanews